Árbitro Leonardo da cidade de Itapetinga, agredido no ano passado por jogadores da seleção de Teixeira de Freitas, esteve em Teixeira na primeira audiência sobre o caso
23/02/2018 15:46 em Esporte

Ao ser agredido por jogadores e membro da comissão técnica da seleção de Teixeira de Freitas no dia 04 de setembro de 2017 no Estádio Antônio Rodrigues Santana (Tomatão) em Teixeira de Freitas, após a vitória da seleção de Eunápolis sobre Teixeira de Freitas por 05 X 01,ele disse " Todos vão me pagar" e a vingança está apenas começando após ter passado 07 meses, com a realização da primeira audiência no Fórum de Teixeira de Freitas na manha desta sexta feira..

Ao participar do programa Na Marca do pênalti desta sexta feira (23) na Rádio Web Regional, o árbitro Itapetinguense Leonardo Carvalho) disse que a justiça tem que ser feita, e os jogadores que o agrediram no mês de setembro na partida seleção de Teixeira 01X 05 Eunapolis pelo intermunicipal de 2017 tem que pagar pelo que fizeram.

Ele afirmou que podem passar um ano, ou 40 anos, mas que ele vai continuar com o processo na justiça, para que esse fato não volte a acontecer novamente no futebol do intermunicipal.

Perguntado se houve algum jogador que constou no processo como agressor, que pudesse ter sido.indicado por engano, ele afirmou que não, todos que foram citados participaram das agressões, ninguém é inocente.

Todos os jogadores citados segundo ele participaram das agressões e que apesar dele ser uma pessoa evangélica desde criança não aceita que os agressores sejam considerados inocentes.

Leonardo Carvalho que é árbitro filiado a FBF e de confiança da diretoria da entidade, disse que recebeu muita solidariedade dos árbitros de Teixeira de Freitas e Região e de toda a Bahia na ocasião, além de todo apoio da diretoria da Federação Baiana de futebol para passar esse aso a limpo.

Aqui em Teixeira ele agradeceu todos os seus colegas da arbitragem que o ajudou a colocar a situação a limpo, citando Uenes Aparecido (Chuchu) como o que mais o ajudou, ficando na delegacia a noite toda até que a situação fosse resolvida e dando lhe total apoio de forma geral, o qual muito agradeceu, agradeceu também o arbitro Carlinhos e outros presentes na ocasião do ocorrido.

Essa foi a primeira audiência de outras que acontecerão, só descanso quando os agressores receberem suas respectivas punições.

Da Redação da RWR

Breno Alves

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!