Candidatura de Lula tem mais apoio no Nordeste e entre os mais pobres, diz Datafolha
22/06/2018 - 16h24 em Política

Os eleitores estão divididos quanto à participação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na eleição de outubro. Pelo menos é o que revelou uma nova pesquisa do Instituto Datafolha. Para 49% dos entrevistados, o Lula deveria poder disputar a eleição e para 48%, ele deveria ser impedido. Uma parcela de 3% não respondeu ao questionamento. Os índices são próximos aos observados na pesquisa de abril, após a prisão do ex-presidente, esses índices eram respectivamente, 48% e 50%. A maior taxa de apoio à participação do ex-presidente na eleição é entre os moradores da região Nordeste (69%), entre os mais pobres (60%), entre os menos instruídos (59%), entre os moradores de municípios com até 50 mil habitantes (58%) e mais alta entre os mais jovens (56%). Já as taxas de apoio ao impedimento da participação de Lula são mais altas entre os mais ricos (74%), entre os mais instruídos (67%) e entre os moradores da região Sudeste (58%). A maioria dos eleitores (55%) segue com a expectativa que Lula não disputará a eleição para presidente deste ano, apesar do recuo do índice (era 62% em abril). Para 40%, o petista irá disputar a eleição (era 34%), desses, 20% têm certeza da participação (era 18%) e 20% estão em dúvida (era 16%), e 6% não opinaram (era 4%). A pesquisa do Datafolha ouviu 2.824 pessoas em 174 municípios entre os dias 06 e 07 de junho de 2018. Essa pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número BR 05110/201 e apresenta  nível de confiança de 95% com margem de erro de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Fonte- BN

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!