Com 99% de risco, zagueiro admite: "Acho que não temos mais como tirar o Paraná"
12/09/2018 15:30 em Esporte

René Santos reforça necessidade de renovar as esperanças, mas, diante da situação do clube, na última colocação da Série A, acaba assumindo situação praticamente irreversível

Os números jogam contra, os resultados também e, diante de tantos fatos, o zagueiro do Paraná Clube, René Santos, foi realista sobre a situação do clube no Brasileirão deste ano. Para ele, com apenas 1% de possibilidade de se salvar, não há mais como reverter o rebaixamento do time.

- Esse é o momento de tirar força de onde não tem. Se parar para pensar, acho que não tem mais como tirar o Paraná dali. Mas eu trabalho na minha cabeça e, enquanto tiver chance, renovo minhas forças para trabalhar.

Segundo o matemático Tristão Garcia, do site Infobola, o Paraná chegou a 99% de risco de rebaixamento após a derrota de 2 a 0 para o Santos. Para reverter a situação, o Tricolor teria que vencer 10 das 14 partidas que tem até o fim do Brasileirão. Até agora, em 24 jogos, o Paraná venceu três jogos, está na lanterna com 16 pontos e distante oito do primeiro time fora do Z-4, o Vasco, que tem 24 pontos.

Apesar de dizer que não vê chance de tirar o Paraná de dentro da zona de rebaixamento, em outra pergunta durante a coletiva de imprensa, René Santos disse que o time precisa se apegar ao 1% que ainda existe.

- Esse 1% aí que você falou nos dá motivação para trabalhar dia a dia. Não vi nenhum (jogador) falar que já era, que vamos disputar a Série B. Só escuto que a gente tem que se juntar cada vez mais e lutar pelo Paraná, completou o René Santos.

O zagueiro também se mostrou incomodado com a dificuldade do Paraná em fazer gols. O time tem o pior ataque, com apenas 11 gols feitos, e marcou duas vezes nas últimas cinco rodadas, nos empates de 1 a 1 contra São Paulo e Chapecoense. Segundo ele, ainda é preciso descobrir o que está acontecendo de errado.

- É, a bola não está entrando e tem que descobrir qual o sentido, porquê ela não está entrando. A gente vem competindo, mostrando vontade, mas não está tendo resultado. A gente tem que tentar descobrir isso para ter o resultado positivo.

A próxima partida do Paraná será neste sábado contra o Grêmio, em Porto Alegre, pela 25ª rodada do Brasileirão. O time deve ser escalado pelo técnico Renato Gaúcho com jogadores reservas, pois enfrenta o Atlético Tucuman pela Libertadores na próxima terça-feira.

- Até conversei com o Alex (Santana, volante) que depois que eles perderam o Gre-Nal, vão vir com tudo para ter uma vitória. Ele vai ter força máxima dentro do que tiver, porque a torcida vai cobrar por uma vitória. A gente vai trabalhar para trazer pelo menos um ponto.

Fonte- GE

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!