STJ condena Dudu a pagar R$ 25 mil a ex-árbitro; atacante do Palmeiras vai recorrer
25/10/2018 16:00 em Política

Guilherme Ceretta de Lima foi empurrado pelo jogador na final do Paulistão de 2015

O atacante Dudu, do Palmeiras, sofreu uma derrota nos tribunais para o ex-árbitro Guilherme Ceretta de Lima, num caso que começou em 2015.

Nesta semana, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) condenou o jogador a pagar R$ 25 mil a Ceretta por danos morais. Ainda cabem recursos ao próprio STJ e ao Supremo Tribunal Federal (STF). A defesa do jogador já informou que vai recorrer.

Durante a final do Campeonato Paulista de 2015 – em que o Santos derrotou o Palmeiras por pênaltis na Vila Belmiro – Dudu foi expulso após um entrevero com o rival Geuvânio. O atacante do Palmeiras então empurrou Ceretta com as duas mãos.

Dudu foi punido pelo Tribunal de Justiça Desportiva com uma suspensão de 180 dias. Mas o Palmeiras conseguiu, na Justiça Desportiva, reduzir a pena para seis partidas.

O ex-árbitro então moveu uma ação na Justiça Comum contra o atacante do Palmeiras. No primeiro "round" dessa disputa, Ceretta venceu.

Uma juíza da 2ª Vara Cível de Votorantim, no interior de São Paulo, condenou Dudu a pagar R$ 25 mil por danos morais ao ex-árbitro. Essa decisão foi reformada na segunda instância.

O Tribunal de Justiça de São Paulo entendeu que Dudu já havia sido punido pela Justiça Desportiva e que a situação não configurava "dano moral" ao árbitro. Agora, o STJ mudou essa decisão – e, de novo, condena o jogador a pagar a indenização.

– Vamos aguardar a publicação do acórdão do STJ para saber que tipo de recurso vamos apresentar. Mas é certo que vamos recorrer – disse o advogado do jogador, André Muszkat.

Fonte- GE

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!