MG: 500 moradores foram retirados por risco em barragem da Vale
08/02/2019 15:43 em Diversas

Evacuação em Barão de Cocais ocorreu depois que soou uma sirene que monitora barragem Sul Superior da Mina do Gongo Soco

Duas semanas após o rompimento da barragem 1 da mina Córrego do Feijão de Brumadinho (MG), cerca de 500 moradores do município mineiro de Barão de Cocais foram retirados de suas casas na manhã desta sexta-feira, 8. A evacuação ocorreu depois que soou uma sirene que monitora barragem Sul Superior da Mina do Gongo Soco, também da Vale.

De acordo com um comunicado da Vale, a retirada de pessoas foi determinada depois que a Agência Nacional de Mineração (ANM) foi informada pela mineradora que estaria dando início ao nível 1 do Plano de Ação de Emergência de Barragens de Mineração (PAEBM). A nota ressalta ainda que a decisão é preventiva e foi tomada após a empresa de consultoria Walm negar a Declaração de Condição de Estabilidade à estrutura.

Os deslocamentos começaram durante a madrugada e abrangem comunidades de Socorro, Tabuleiro e Piteiras, todas em Barão de Cocais.

A Vale informou que está intensificando as inspeções na barragem Sul Superior como medida de segurança e implantado equipamentos com capacidade de detectar movimentações milimétricas na estrutura.

Fonte- Band

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!