Rui faz críticas à Justiça na AL-BA: 'Não pode ter uma lei para o Lula e uma lei para o PSDB'
13/04/2018 - 15h51 em Política

Durante discurso na sessão especial em solidariedade ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, realizada na manhã desta sexta-feira (13) na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), o governador Rui Costa criticou duramente a Justiça brasileira no resultado do encarceramento do ex-presidente. "Não pode ter uma lei para o Lula e uma lei para o PSDB", bradou. O governador ainda lembrou do caso do senador Aécio Neves e de Rocha Loures. "Aqueles que foram pegos com cocaína no helicóptero estão no Senado. Aqueles pegos com mala física de dinheiro estão no Senado e no Palácio do Planalto. Não é Lula que eles estão perseguindo. São os nordestinos, os pobres, os negros. A ideia de que o Brasil seja um país de todos os brasileiros", disse Rui durante a sessão. O petista ainda criticou o juiz federal Sérgio Moro, responsável pelo pedido de encarceramento do ex-presidente: "Mesmo apanhando tanto, hoje Lula está na cadeia, não porque ele cometeu crime. Não importa a lei, importa apenas o convencimento dele (Moro). 'Rasgue-se a lei, você vai ser condenado a 12 anos de prisão'. Então para que 5 anos estudando direito? De que vale um advogado nessa situação?". Após o discurso de Lula, o presidente da AL-BA, Angelo Coronel (PT) encerrou a sessão em homenagem à Lula.

Fonte- BN

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!