Acusado de tentar matar o vereador “Toinzinho” é preso pela PM em Teixeira
14/05/2021 12:26 em Polícia

Acusado de tentar matar o vereador “Toinzinho” é preso pela PM em Teixeira

 

Policiais da 87ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) de Teixeira de Freitas, sob o comando do tenente-coronel França, prenderam na noite de quinta-feira, 13 de maio, o acusado de ter tentado contra a vida do vereador Antônio Marques Ferreira da Silva, o “Toinzinho” (PC do B), de 46 anos.

A prisão se deu na rua Inconfidência, no bairro Monte Castelo, após denúncias de que o acusado, Rodrigo dos Santos Grola, 35 anos, estaria em uma residência no referido endereço.

 

Segundo informações, Rodrigo não ofereceu resistência e foi conduzido para a Delegacia de Teixeira de Freitas. Com ele, os militares apreenderam um revólver calibre 38, com 11 munições intactas (mesmo revólver usado no crime) e uma faca.

Rodrigo teria assumido a autoria do crime, justificando conhecer “Toinzinho” já há algum tempo; a motivação seriam desavenças entre os dois, inclusive, envolvendo assuntos familiares.

Segundo informações, Rodrigo Grola pôde ser preso em flagrante pela tentativa de homicídio contra o vereador devido ao tempo transcorrido, mas, foi flagranteado pelo delegado Bruno Ferrari por porte ilegal de arma de fogo. Como a numeração da arma estava suprimida, o crime passa a não ter fiança.

Rodrigo segue preso à disposição da justiça. A Polícia Civil deverá pedir a prisão preventiva do acusado até a conclusão das investigações, que estão a cargo do delegado titular Ricardo Amaral.

 O vereador Toinzinho recebeu alta recebeu alta médica na tarde desta última quarta-feira (12). Ele estava internado no Hospital Municipal de Teixeira de Freitas, após a tentativa de homicídio ocorrida no início da tarde de terça-feira (11), na BA-290, no bairro Nova América, próximo a um Posto de Combustíveis. Os tiros acertaram de raspão o vereador nas costas e na cabeça.

O vereador contou detalhes de como tudo ocorreu: “Parei entre a Santa Clara e o Posto Itamadil e aí o bandido atravessou a pista. Com um metro e meio de distância, eu já o vi com a arma em punho, foi quando ele atirou duas vezes. Eu caí, e ele deu mais dois tiros na minha cabeça, mas Deus colocou a mão na frente e só pegou de raspão”, disse o vereador.

“Aí levantei a cabeça para ver se ele estava perto, mas ele estava tirando as cápsulas do revólver e colocando outras [munições] e foi nesse momento que eu corri e pulei uma cerca de arame liso para dentro do pátio da Itamadil e corri. Ele correu atrás de mim, por uns 20 metros, e eu gritava por socorro, até que entrei num carro forte. Ele parou e foi embora”, finalizou.

Informações: Liberdadenews

 
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!